Papos Diversos

Pra começar…

Pra começar, é bom dar o tom do blog. Ao escrevê-lo não tenho grandes pretensões artísticas, filosóficas, pedagógicas e muito menos psicológicas. “Então” – você pensa – “o que estou fazendo lendo esta página?” E eu lhe respondo que depende do que você espera encontrar aqui. Se procura fórmulas, receitas ou mágicas para administrar a maternidade, não vai achar por estas bandas da web. Muito menos modelos perfeitos que assim se auto intitulam e criticam arrogantemente as tentativas de acerto das mães que estão indo por outro caminho. Não, também não é nesta página.

Estamos apenas começando uma jornada mas você não vai me ver (ler) atacando o que ou quem quer que seja. Estou eu mesma trilhando este caminho, buscando encontrar as minhas alternativas, respostas, confortos, descanso, renovo, paciência (minha e dos outros), novidades, rotina, aprendizagens, amigos, conselhos, forças, normalidade, segurança, crescimento, leveza, firmeza, constância… Entendeu agora o título do blog?

Eu descobri um pouco tarde, mas ainda em tempo de corrigir a rota, que a maternidade não é assim tão instintiva (pelo menos para algumas de nós) quanto a fazem parecer todos os comerciais do mundo que envolvem mães e filhos. Percebi que existem sim, os dois lados da moeda. Há mulheres que tiram isso de letra! Como? Não sei, cada um tem seus métodos, seus processos mentais, sua estrutura familiar, sua estrutura psicológica, seu histórico, como eu disse, não me permito críticas senão a mim mesma. E mesmo assim com moderação. Aprendi isso também!

Quando meu filho nasceu, no começo de 2015, eu me arvorei a iniciar uns escritos. Não me atrevo a chamar de livro. Mas isso foi naquela fase em que eu (e algumas de vocês também…) reclamava  muito do trabalho que o recém-nascido dava. E contava os dias pra que ele ficasse logo maiorzinho, desprezando solenemente as mães mais experientes que diziam: “Trabalho? Isso não é nada. Agora não tem trabalho nenhum, espera só ele crescer que você vai ver o que é trabalho!!”

Como agora, por exemplo. Nada melhor para ilustrar o que vou dizer. Se fosse um vídeo sem edição vocês me veriam saindo para acudir meu pequeno, agora com 2 anos e 3 meses, que acabou de acordar do seu cochilo vespertino com um nariz entupido e um humor daqueles. Graças a Deus o bom e velho papai está presente e só por isso eu pude voltar à página. E era isso que ia falar lá em cima. A escrita estava indo de vento em popa, até que meu pequeno começou a crescer como eu tanto queria e passou a demandar muito mais de mim do que quando era só um bebezinho. O tempo foi-se e abandonei meus alfarrábios!

Mas falei neste episódio agora justamente para ir dando o tom aqui. A intenção do livro era justamente compartilhar risos e lágrimas – quando possível rir das lágrimas – contar experiências, aprendizados adquiridos no caminho, e isto com intenção de falar ao coração de algumas mães que porventura estivessem se sentindo solitárias na jornada. Queria fazê-las rirem de si mesmas – mais uma vez, quando possível – , apresentar as ferramentas que aprendi de outras mãe e as que descobri na prática, dividir uns bons conselhos das amigas mais experientes e dos muitos livros que andei, e ainda ando, lendo. Esta era a ideia geral do livro e, com certeza, estará presente aqui no blog também, só que aqui vamos explorar um pouco mais da vida materna e suas (im)possibilidades. Em suma, não pretendo ficar falando um monte de mim, até porque já gastei meus bônus só neste primeiro tópico…hehe.

Então, o que vamos fazer?

  • Refletir sobre alguns textos extraídos dos livros atinentes à temática família, filhos, educação de crianças, que considerei bastante úteis. Na verdade, alguns deles me deixaram bem impressionada. RESENHA DA SEMANA
  • Inventar brinquedos reciclados. Toda ideia que tiver para criarmos nossos próprios brinquedos e que for aprovada pelo melhor controle de qualidade do mundo em matéria de diversão (crianças), vou divulgar aqui para enri(enlou)quecer a vida das mães e de seus pimpolhos. BRINCAR DE RECICLAR
  • Apresentar, a cada semana, a tradução de uma atividade do livro Slow and Steady Get me Ready – The book that grows with your child. Este livro traz atividades específicas para cada semana de vida dos pequenos, de 0 a 5 anos, voltadas ao  seu desenvolvimento motor. NOSSO LIVRO DE ATIVIDADES DE 0 A 5 ANOS

Vamos nessa!

Anúncios

20 comentários em “Pra começar…”

  1. Nossa… Adorei… Linguagem simples, objetiva, direta…. Parabéns
    Reciclar eh tudo de bom… Antes qdo nao havia tanta opcao de brinquedo era assim q brincávamos… Muita imaginaçao… Transformando toalhas em bonecas… caixinhas em móveis… vassouras em cavalos etc…
    Muuuuuito bom mesmo…

    Curtir

  2. Excelente! E vou fazer aqui em casa! O mais bacana de tudo isso é que nas coisas simples e com participação dos pais é que às crianças registram para a vida….o que mais me recordo da minha infância foram o momentos simples e marcantes em companhia dos meus pais! Pode acontecer atividades na escola, com amigos, vizinhos… mas com os pais… É registrado na memória!
    Amei a iniciativa! Parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Verdade! Eu também, Lu! Lembro até de coisas “bobas” que meu pai fazia comigo e de algumas brincadeiras muito legais com minha mãe. Coisas simples demais mas tão marcantes porque estávamos envolvidos naqueles momentos, sem interferência dos ruídos da TV, dos celulares, vídeo games enfim. Não sou contra a tecnologia, pelo contrário! Mas cada coisa a seu tempo e em seu lugar. Brincadeira de família é olho no olho, pele com pele, e fica inesquecível!

      Curtir

  3. Achei bem legal expor a sua maternidade e tudo que se aprende e nos enriquece, a minha filha tem 23 anos está casada e temos uma ótima relação decorrente dá minha entrega e muito amor , que é um retorno maravilhoso, parabéns!!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário! Sua opinião é importante para manter o blog interessante!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s